Culto ao-vivo
WebRádio
Pedidos de oração

Vida Cristã - Por que devo dar o dízimo?

Palavra de Edificação

“Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida.” (Ml 3.10.)

O dízimo é um tema polêmico. Alguns crentes sinceros questionam sua prática. Outros não estão convencidos de que o Novo Testamento trate dessa matéria com clareza. Há aqueles que preferem dar ocasionalmente uma oferta, buscando com isso substituir a prática do dízimo. Alguns outros, porém, seja por amor ao dinheiro, seja por dificuldades financeiras, não conseguem entregar as primícias da sua renda a Deus. Há ainda aqueles que se dizem dizimistas, mas não são regulares na entrega de seus dízimos. Ainda outros se sentem no direito de administrar o próprio dízimo, entregando-o onde bem entendem. Finalmente, há os que entregam parte do dízimo como se estivessem entregando-o integralmente. O que a Palavra de Deus tem a nos ensinar sobre esse tão importante assunto?

1 – O ensino sobre o dízimo está presente em toda a Escritura (Ml 3.8-12) – O dízimo está presente antes da lei (Gn 14.20; 28.22), na lei (Nm 18.21-26), nos livros históricos (Ne 13.10-12), nos livros poéticos (PV 3.9-10), nos livros proféticos (Ml 3.8-12), bem como nos evangelhos (Mt 23.23) e também nas cartas gerais (Hb 7.8). A prática do dízimo fez parte do sacerdócio de Cristo, pois é ele quem recebe os dízimos (Hb 7.8). Podemos até discordar da prática do dízimo, mas não podemos negar que seu ensino seja claro em toda a Bíblia.

2 – A retenção do dízimo é um sinal de decadência espiritual (Ne 13.11; Ml 3.9) – Estude atentamente a Escritura e você verá que, sempre que o povo de Deus vivia um tempo de esfriamento espiritual, a primeira coisa que ele deixava de fazer era entregar o dízimo com fidelidade. Por outro lado, sempre que o povo se voltava para Deus em arrependimento, a prática do dízimo era restabelecida. O dízimo era uma espécie de termômetro espiritual do povo de Deus.

3 – A entrega do dízimo é um ato de obediência a Deus (Ml 3.10) – Os mandamentos de Deus nos são dados para serem cumpridos. Deus nunca nos dá ordem sem nos dar poder para cumpri-la. Há alegria e recompensa na obediência, muito embora nossa motivação em entregar o dízimo não seja a de alcançar os favores de Deus, mas glorificá-lo. Quando um servo de Deus o honra com as primícias de toda a sua renda, Deus promete encher seus celeiros e fartar de vinho seus lagares (Pv 3.9-10). Quando um servo de Deus traz todos os dízimos à casa do Tesouro, Deus promete repreender o devorador e abrir as janelas do céu (Ml 3.10-12).

4 – A entrega do dízimo é um passo de fé (Ml 3.7) – Antes de Deus ordenar a seu povo que trouxesse o dízimo, ordenou-lhe trazer o coração (Ml 3.6-10). Os fariseus traziam o dízimo, mas não o coração, e Jesus os chamou de hipócritas (Mt 23.23). Quando o coração se volta para Deus, o bolso também se abre. Deus nos mandou fazer prova dele (Ml 3.10). Nossa confiança precisa estar no provedor, mais do que na provisão. O dizimista sabe que noventa por cento com a bênção de Deus vale mais do que cem por cento sob sua maldição.

5 – O dízimo é o recurso de Deus para o sustento da sua obra (Ne 13.11-12) – O dízimo não é nosso; é de Deus. Ele é santo ao Senhor. O dízimo não é da igreja; é o Senhor Jesus quem o recebe (Hb 7.8). O dízimo é primícia, e não sobra. É dívida, e não oferta. É ordem divina, e não opção nossa. Reter o dízimo é desamparar a casa de Deus. No entanto, trazer todos os dízimos à casa do Tesouro é ser cooperador com Deus no sustento da sua obra, na expansão do seu Reino e na proclamação do evangelho até os confins da terra. Conclamo você a examinar seu coração e a corrigir essa área vital da sua vida com Deus. Não adie mais essa atitude de ser um dizimista fiel e honrar o Senhor com as primícias de toda a sua renda.


Trecho retirado do livro “Mensagens Selecionadas”.

Compartilhe esta página
Comente esta notícia!
Notícias anteriores
Culto Especial de Natal Vigília da Virada Declarando a Multiplicação de Deus Lançando a Boa Semente Vivendo os milagres de Cristo Dia de Comunhão Batismo Louvoração II Firmando a Fé em Jesus O Reino de Deus é chegado

Anterior
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
Próximo
Mostrando 1 de 8 páginas
Encontrados: 79

Sede Mundial: Rua Belo Horizonte, 529, centro, cambé, Brasil (Google maps)
moriachurch@gmail.com
Tel: (43) 3251-9590
Mídias Sociais



Traduza o idioma